Profissionais carreiras

3 mitos sobre transição de carreira que precisam ser desmistificados agora mesmo!

Transição de carreira é um assunto delicado atualmente. Por mais que seja a vontade de muitos, mudar de profissão é um grande desafio que causa impacto na vida profissional e pessoal das pessoas. 

Segundo os dados de uma recente pesquisa realizada pela Kaspersky, cerca de 53% dos brasileiros – ou seja, mais da metade da população – tem a vontade de seguir uma nova carreira a partir de 2022, assim que a situação da pandemia melhorar no Brasil.

Ao dizer que desejamos realizar uma transição de carreira, é extremamente comum escutarmos que essa é uma loucura, que vamos nos arrepender, que trocar o certo pelo duvidoso é errado, entre tantos outros julgamentos. 

Mas a verdade é que essa decisão, quando bem pensada, pode trazer diversos benefícios para as nossas vidas. Essa grande vontade das pessoas em mudar de carreira demonstra uma mudança de comportamento da sociedade.

Mudança essa que ainda é cercada de medo e preocupação, mas está acontecendo mais a cada ano. Atualmente, a estabilidade não é mais a prioridade dos profissionais, ainda mais entre os jovens.

As pessoas desejam ter um bom emprego, naquilo que gostam e lhes tragam qualidade de vida. Hoje em dia, não é preciso esperar até a aposentadoria para colocar em prática aquele sonho profissional ou hobby.

Por isso, passou a ser natural os profissionais se permitirem realizar mudanças ao longo da sua carreira. Principalmente agora, em um mundo repleto de informações, dicas, meios de comunicação, entre outros fatores que facilitam esse processo.

Se essa é a sua vontade, mudar de carreira e ir em busca do que te faz feliz, tem nosso total apoio. Contanto, é claro, que você dê passos corretos para que isso aconteça. 

Transicionar de profissão é um desafio, principalmente quando não nos preparamos ou damos muita atenção aos mitos que cercam esse tema. Portanto, neste conteúdo, abordaremos 3 mitos sobre a transição de carreiras que impedem que muitos sigam seus sonhos.

Desta forma, será possível colocar uma estratégia em prática para que essa mudança aconteça com segurança, responsabilidade financeira e de forma prazerosa. Confira!

Acabando com os mitos sobre mudanças de carreira

Como dissemos, muitas pessoas acreditam que a transição de uma carreira estável é loucura. Geralmente, é esse pessoal que dissemina tantos mitos sobre essa mudança.

O fato é que assim como toda mudança em nossas vidas, essa também trará impactos importantes e devemos estar preparados para isso. É sim difícil, mas completamente possível.

A primeira dica é: não deixe o medo do fracasso te impedir de tentar. A transição de carreira não significa pedir demissão e ir em busca de um sonho. Essa mudança pode ser feita de uma maneira mais segura, dependendo da profissão.

É possível começar a se preparar para a nova carreira, fazendo cursos, por exemplo, enquanto ainda trabalha na mesma área. Assim que surgir uma oportunidade, pode tentar e se der certo, aí sim, pedir demissão.

Viu? Pode ser um momento mais leve, seguro e sem tantas preocupações. Não ache que será uma mudança radical da noite para o dia que mudará completamente sua vida. A transição de carreira pode ser um momento de prazer e não da dominância do medo, preocupação e ansiedade.

E assim, já esclarecemos um mito! Mas, vamos a mais 3 mentiras que te contam sobre a transição de carreira para mudar sua visão sobre o tema agora mesmo. Acompanhe.

Não é o momento certo

Seja por estar em um bom emprego, ter filhos para cuidar, estar com problemas pessoais ou qualquer outra coisa, muitas pessoas acreditam no grande mito do momento certo.

A verdade é que nunca é o momento certo, se você não for lá e começar. Sempre aparecerá alguma razão para deixarmos o sonho de lado e quando vamos ver, já se passaram anos se frustrando com o mesmo tema. 

Então, a dica é: pare de esperar e comece a se preparar. Ou seja, faça algumas atividades que vão facilitar a sua transição de carreira. Peça a promoção ao chefe, faça cursos sobre a nova área, converse sobre o aumento, procure vagas no segmento que deseja, vá a palestras, estude, junte dinheiro para abrir o próprio negócio, entre outras medidas importantes.

Assim, quando surgir a oportunidade, está pronta para tentar seguir a nova carreira. O momento certo é agora!

Não tenho nenhuma indicação

Muitos pensam que é preciso conhecer as pessoas certas para conseguir mudar de carreira. Ou seja, ter uma indicação para entrevistas e processos seletivos. Consequentemente, o pensamento é de quem não tem pessoas para ajudar, não conseguirá avançar.

Esse é um grande mito. Ao fazer transições de carreira, o networking é uma habilidade importante, no entanto, não é algo decisivo. Mesmo com indicação, se o profissional não for bom o bastante, não conseguirá a vaga.

A dica é se preparar para a carreira e manter-se atualizado sempre para sair na frente dos concorrentes. Ao mesmo tempo, ir a cursos, palestras, workshops e outros eventos da área, pode ajudar a aumentar seu networking. 

Não sou qualificada para a área, portanto, não vou conseguir

Mais uma mentira! Ninguém nunca estará 100% qualificado para uma carreira. As pessoas não conseguem saber de tudo o tempo todo. Por isso, esse é um dos mitos mais mentirosos.

O ideal é se preparar para a mudança de carreira, estudar, se qualificar e dominar o novo assunto – na teoria, já que ainda não tem experiência na área. O restante do aprendizado virá na prática, no dia a dia na nova área profissional.

Então, não espere estar 100% qualificado (a) – isso nunca acontecerá! Se prepare, estude e vá em busca de oportunidades, esse é o segredo de uma transição de carreira eficiente.

Relacionados