Espaço de lazer

O que é mais resistente: policarbonato ou acrílico?

Ao procurar por materiais para compor projetos, as pessoas se deparam com duas principais opções: o policarbonato e o acrílico. Ambas alternativas podem ser usadas em coberturas, itens de comunicação visual, visores náuticos, equipamentos de proteção, telhados e muito mais. 

São materiais resistentes, bonitos, fortes e rígidos – muitas vezes são até confundidos pela similaridade estética. No entanto, o policarbonato e o acrílico apresentam características bem diferentes.

Algumas, inclusive, impactam diretamente no resultado dos projetos, sua durabilidade e praticidade com a manutenção. Qual escolher? Para responder essa pergunta é preciso considerar uma série de fatores. 

Dentre eles o custo, durabilidade, resistência, tempo de produção e outros detalhes. Todas essas questões devem influenciar na decisão das pessoas. Para isso, nada melhor do que conhecimento!

É preciso compreender em detalhes sobre cada material e entender suas vantagens e desvantagens. Por isso, fizemos esse artigo para te ajudar a escolher a melhor opção para cada um dos seus projetos.

Uma das características mais importantes a ser analisada é a resistência. Afinal, esse fator coloca a segurança do projeto em risco caso não seja levado em consideração.

Muitos falam que o acrílico é menos resistente do que o policarbonato. Será mesmo que é verdade? Vamos entender essa e outras questões sobre os dois materiais ao longo deste conteúdo, acompanhe!

Acrílico ou policarbonato: conheça as diferenças

O acrílico é bastante conhecido, utilizado em diversos produtos presentes no nosso dia a dia, como prateleiras, caixas, organizadoras, suportes e muito mais. Contudo, poucos sabem o que de fato é esse material e suas outras aplicações – um pouco mais complexas. 

Basicamente o acrílico é um termoplástico. Ou seja, é um material derivado do plástico que pode ser moldado quando a temperatura é elevada e enrijece quando exposto a temperaturas mais frias. 

Por isso é encontrado em diversos formatos, dado que é relativamente fácil fazer com que o acrílico adquira as mais variadas formas, como dobras, encaixes, colagens, entre outras.

É muito utilizado pela indústria, comércio, itens de proteção, mercado automobilístico, arquitetura, artes, design e muito mais. É um material rígido, isolante térmico e, diferente do que muitos pensam, pode ser transparente, translúcido ou opaco.

Tem boa resistência à chuva (umidade), sol, ventos e outras variações climáticas. Essas são algumas de suas principais características, que os tornam um material tão exigido atualmente.

Também é uma opção prática, já que a limpeza pode ser realizada com um pano macio, espanador de pó e até mesmo água com sabão para sujeiras mais resistentes. Porém, deve-se ter cuidado com os produtos abrasivos e/ou corrosivos.

Esses podem facilmente danificar o acrílico de forma irreparável. Agora é o momento de conhecer o policarbonato, um material que está ganhando espaço no mercado e promete ser mais resistente do que o acrílico. Saiba mais!

Quais as características do policarbonato

O policarbonato é um termoplástico (moldável quando exposto ao calor). Isso quer dizer que é um plástico composto por resinas derivadas de carbonatos, que nada mais são do que ligações de carbono com oxigênio feitos a partir da condensação do fosgênio com o bisfenol – chamado também de difenil-propano. Por ser um termoplástico, é possível encontrar esse material em forma de telhas, chapas e muito mais.

Também apresenta ótima qualidade estética, tem boa luminosidade, é prático, fácil de ser instalado, leve, dentre outros benefícios.  O fator mais importante e reconhecido desse material é sua resistência. 

É mais resistente do que o acrílico? Sim! Na realidade, o policarbonato pode ser pelo menos até 200 vezes mais resistente  do que os vidros e 40 vezes mais do que o acrílico.

Por isso, pode substituir o uso desses outros materiais na grande maioria dos projetos. Sua durabilidade é uma consequência dessa resistência. As coberturas e toldos feitos de policarbonato podem durar até 15 anos em perfeitas condições.

Claro que o modo de usar e cuidados com o material ao longo do tempo implica nesse fator. Ainda sim é um dos mais duráveis que o mercado tem a oferecer para projetos atualmente.

Quem precisa de versatilidade também pode optar pelo policarbonato. Esse material tem uma gama de formatos, cores e variedades para diversificar suas aplicações Atualmente, é possível encontrá-lo no transparente, opaco, canelado e liso.

A manutenção desse material também é prática e rápida. Contudo, é preciso usar  produtos de limpeza adequados para evitar que a sua durabilidade caia em alguns anos. 

O mais indicado é molhar o policarbonato com água corrente e bastante pressão, e se possível com a ajuda de uma máquina de jato. Depois, basta passar suavemente um pano com a mistura de sabão neutro e água.

É preciso sempre molhar o material antes de aplicar algum produto, esse é um cuidado importante. 

Ambos são materiais de qualidade, mas se o projeto exigir mais luminosidade, resistência e beleza estética, o policarbonato é a melhor opção!

Relacionados